Exhibition

Victor Palla

CERAMISTA 1949-1951

PT/

A cerâmica foi um dos (catorze) ofícios de Victor Palla (1922-2006). A produção artística resultante, experiencialmente elaborada na Fábrica SECLA entre 1949 e 1951, é, no entanto, maioritariamente desconhecida do público em geral. Exibida à época nas Exposições Gerais de Artes Plásticas (SNBA) e publicada na edição renovada da revista A Arquitectura Portuguesa e Cerâmica e Edificação, estas peças escultórias ou de uso quotidiano estão entre as que a historiografia reconhece com impulsionadoras do (re)nascimento da cerâmica em Portugal e do seu uso integrado na arquitectura. Pratos, jarros, floreiras, figuras humanas, animais e antropomórficas que revelam os movimentos artísticos internacionais, foram previamente desenhadas por Victor Palla, enquanto pintor, ilustrador e artista plástico; foram, entretanto, trabalhadas na roda do oleiro, depois esmaltadas, vidradas e cozidas, também por Victor Palla, ceramista e escultor; e posteriormente fotografadas, pelo “olho quadrado” de Victor Palla, um fotógrafo que “tem muito de arquitecto”.

Patrícia Bento d´Almeida